Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Como identificar um Tucano camuflado.

Falou em “união da direita contra a extrema-esquerda” pode ter certeza que é colaborador Tucano, pau-mandado do Meu Bico Livre ou candidato a aprendiz de Reinaldo Azevedo. O recurso retórico é evidente. Querem demonizar a extrema-esquerda e focar esforços no único objetivo de impedí-la de chegar ao poder em 2018. Deste modo, tornam a esquerda, como o PSDB ou a REDE algo não só aceitável, como desejável.

Ao mesmo tempo, tal discurso visa blindar os picaretas de direita de críticas vindas da própria direita. 

Segundo eles, não devemos criticar uns aos outros. A não ser que seja para meter o pau em conservadores, cristãos, movimentos pró-vida, Bolsonaro e afins. Nesses casos, o porrete está liberado e a idéia de “unir a direita” não se aplica. Inclusive, as porretadas partem dos mesmos grupos e indivíduos que pregam a “união da direita contra o inimigo comum”. A desfaçatez de tal comportamento revela a má fé e mendacidade desses operadores .

No tradicional dois pesos e duas medidas, experimente criticar o Meu Bico Livre para ver a “direita pragmática” lhe acusando daquilo que eles mesmos estão fazendo. De colaborar com a esquerda.

É evidente que devemos combater a extrema-esquerda, bem como a esquerda e sua agenda. É também evidente que picuinhas internas entre conservadores e liberais não são produtivas. Isso é muito diferente de tapar o sol com a peneira e não apontar erros ou má conduta de grupos ou indivíduos por serem conservadores ou liberais e em tese jogarem no mesmo time. Este é o caminho da corrupção moral. É assim que a direta se tornará tão podre como a esquerda e terá suas hostes de bandidos, políticos safados e trambiqueiros intelectuais de estimação.

O único caminho é dizer a verdade. É duro? Sem dúvida. Mas omití-la é mil vezes pior.

Se você viu algo de errado ou equivocado entre conservadores ou liberais, não tenha medo de falar a respeito. Não se sinta intimidado pelos colaboradores camuflados da esquerda, pois estes serão os primeiros a apontar o dedo e, no melhor estilo Lenin, acusar você de fazer o que eles fazem e de ser o que eles são.

Estamos de olho.

1 Response

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *