Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Idiotas Perigosos

“O Ocidente está dividido entre 2 tipos de pessoas. Os que têm alguma ideia do que foi história do socialismo e do comunismo e os que não têm. E esses últimos são idiotas perigosos a serem usados para a expansão do poder do estado ao custo das nossas liberdades individuais e de expressão. “

A afirmação acima foi feita por Stefan Molyneux em vídeo recente em seu canal no Youtube. Estou plenamente de acordo com o que foi dito aí. E vou adicionar à essa citação uma de Churchill:

“Os fascistas do futuro serão chamados de antifascistas”

O leitor sagaz já deve ter percebido onde quero chegar. Não estou aqui escrevendo para criticar os ditos socialistas e comunistas declarados. Esses são caricatos e devemos combater frontalmente. No entanto, existem muitos outros grupos servindo de coletivos de idiotas úteis pedindo a avanço do estado sobre nossas liberdades de maneira indireta.

Muitos de nós que consideramos essas liberdades fundamentais para uma vida minimamente civilizada não enxergamos esta ameaça.

Estou falando dos militantes do multiculturalismo, feminismo da terceira onda, LGBTQ….., ideologia de gênero e etc. Basta ver como estes grupos seguem uma agenda de censura em dois tempos. Primeiro através de pressão social, seguida pelo requerimento de leis que controlarão o que as pessoas podem dizer, quem devem contratar, como devem dirigir-se ao próximo e por aí vai. A cada nova lei desta natureza, o Estado avança na vida dos cidadãos, ao mesmo tempo em que o tecido social e cultural que mantêm uma sociedade unida vai se esfacelando em uma miríade de grupos que passam a lutar entre si. O que demanda mais Estado para controlar a situação. Enfim, o leitor já sacou onde isso acaba, tudo através do Estado, nada fora dele. Bem ao gosto de Mussolini.

Jordan B. Peterson, professor de psicologia da Universidade de Toronto, vem travando uma corajosa batalha contra leis canadenses que visam punir os cidadãos que não chamarem membros da comunidade LGBTQ… pelo pronome escolhido por cada indivíduo. E não se trata de “ele ou ela”, mas de uma lista absurda de mais de 70 denominações inventadas.

 

Por que Peterson está comprando está briga? Simples, por mais de 20 anos o professor e psicólogo praticante estudou a fundo o processo que levou ao desenvolvimento e adesão por parte da população tanto ao Nazismo na Alemanha como ao Comunismo na Rússia e sabe que a supressão de liberdade de expressão é o ovo da serpente do totalitarismo.

 “Eu considero que esses pronomes são neologismos inventados por radicais autoritários do politicamente correto. E eu não sou um fã deste tipo de pessoa. E a razão pela qual eu não sou um fã deste tipo de pessoa é porque eu fiz a minha lição de casa. Eu li tudo o que eu consegui a respeito do desenvolvimento de sistemas políticos autoritários e eu não serei um porta-voz de uma linguagem que eu detesto. “

Portanto caro leitor, se você preza pelas suas liberdades, é preciso entender a cenário cultural em que vivemos – que gerará o cenário político futuro – muito além dos maniqueísmos Esquerda versus Direita e Estado versus Livre Mercado. Sair gritando “Menos Marx Mais Mises” não é o suficiente, sinto-lhe dizer.

Para quem quiser entender um pouco mais a respeito, escrevi esta trilogia de artigos:

Só leva 30 anos para arrumar (parte 1) – Reformas de tolo e o fundo do poço

Só leva 30 anos para arrumar (parte 2) – Adeus liberdade

Só leva 30 anos para arrumar (parte 3) – Uma vela no escuro do Carandiru cultural

 

 

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *